Dualidade

large (105)

Dualidade

Geometria sagrada ~ A polaridade dos símbolos

A dualidade é limitada e diz respeito ao medo – a unidade é ilimitada, infinita e livre

Toda a dualidade que experimentamos é uma ilusão. Fomos programados para dividir em vez de criar, unir e amar. Assim, vemos polaridade em todo o lado inclusivé em nós próprios. É uma escolha, é sempre uma escolha se acreditarmos que somos livres o suficiente para voltar à origem, à fonte ao mesmo tempo que vivemos este jogo, a dualidade desaparece e a unidade surge.

Este universo foi criado como um mundo orgànico e dual. Existiu e existe ainda, uma razão pela qual foi criado desta forma. Isto é um jardim de infância para as almas. E faz tudo parte do jogo! Se conseguirmos afastarmo-nos desta ilusão e olhar como que estando de fora de todo o sofrimento, a verdade torna-se clara. Estamos aqui a evoluire fazemo-lo experienciando a polaridade, quer dizer, vivendo tanto o negativo como o positivo desta vida orgànica.
Para praticar este jogo foram-nos dados alguns instrumentos com os quais viajamos mergulahndo na polaridade e aprendendo à medida que vamos progredindo. O primeiro instrumento é o Livre arbítrio, que se encontra relacionado com a qualidade da dualidade deste universo. Este aspeto foi o que permitiu a polaridade atuar já que é parte integrante do Livre arbítrio neste universo.
O segundo instrumento é o Éter o qual se encontra em tdo o lugar, em todos os seres e em todas as coisas. O Éter está sempre presente, sempre! Esta é a Lei. Em qualquer altura, todas as almas tèm escolha. Possuímos o poder de escolha porque temos Livre Arbítrio, desta forma podemos escolher a Luz porque temos sempre o Éter como um companheiro silencioso nesta viajem conturbada. O Èter é-nos dado para que possamos conetar com o nosso ser superior e com a nossa família espiritual. À sempre escolha! sempre! Mesmo que a escolha nos faça terminar a nossa vida na Terra nessa altura, porque nada pára, é somente uma mudança de “realidade”.
Ao nos ter sido dada esta polaridade, enfrentamos o crescimento, a aprendizagem, claridade e expansão. E, á medida que o fazemos, alguns resíduos passados trazem ao momento presente memórias de dualidade. E, á medida que passamos por vidas neste imenso mar de expansão de alma, outros fazem o mesmo. E, quando escolhemos Luz, houve tempos que não foi essa a nossa escolha e o mesmo se passa com os outros. Tudo isto é para ser aceite tanto em relação a nós como em relação aos outros; aceite e apreciado poi tudo fez com que sejamos quem somos hoje, neste momento no “tempo”. Sem experienciar todos os aspetos da energia não poderámos crescer e expandir.
É aqui que quero chegar… observamos muitas vezes símbolos, números, imagens que são considerados bons ou maus. Como exemplo, o Pentagrama é tanto apontado como positivo e negativo. Vemos o mesmo acontecer com números. Como sabermos se um símbolo sagrado é positivo ou negativo? Pode proteger-nos ou amaldiçoar-nos? A resposta é – ambos! A que frequència vibras? Aí tens! Os símbolos são como qualquer coisa diária. Como falas com os outros? Como te vès e à vida? Que tipo de pensamentos te permites ter? Quão amoroso és com qualquer coisa? Eu pergunto-te… Com que amor olhas para um Pentagrama? O que pensas quando comtemplas um?
A dualidade existe neste mundo holográfico. Mas o que realmente importa é o que tu decides fazer com isso sendo um criador. Porque tudo o que nos foi dado tem o único objetivo de nos deixar escolher, a todo o momento, o que fazer com a energia (e tudo é energia). Pensas que és um instrumento nas mãos de Deus, mas na realidade Deus observa a tua criação! Foste criado para criar, para usar as energias universais uma e outra vez até que entendas tudo, até que experiencies tanta coisa que finalmente olhas para cima e Elembras-te de quem e o que és na realidade.
A dualidade existe neste mundo holográfico. Mas o que realmente importa é o que tu decides fazer com isso sendo um criador. Porque tudo o que nos foi dado tem o único objetivo de nos deixar escolher, a todo o momento, o que fazer com a energia (e tudo é energia). Pensas que és um instrumento nas mãos de Deus, mas na realidade Deus observa a tua criação! Foste criado para criar, para usar as energias universais uma e outra vez até que entendas tudo, até que experiencies tanta coisa que finalmente olhas para cima e Elembras-te de quem e o que és na realidade.
A VERDADE É – USAMOS A DUALIDADE PARA DESCOBRIR QUE O QUE EXISTE É UNIDADE. EXISTE SÓ UM E TUDO ISTO É UMA ILUSÃO.
Autor: Maria José Antunes, Todos os direitos reservados. Se desejares ter sessões de cura, ajuda e orientação espiritual ou tornares-te meu Estudante contacta-me para: mariajoseantunes66@gmail.com ou vai a https://mariajoseantunes.wordpress.com/contact/

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s